Sistema 3As entra em vigor à 0h do dia 16 de maio

BANNER 500X330 Sistema 3As

Sistema 3As entra em vigor à 0h do dia 16 de maio

 

O Sistema 3As – Aviso, Alerta e Ação substitui o modelo pioneiro e inovador de Distanciamento Controlado, que entrou em uso no dia 10 de maio do ano passado. O Governo entende que o atual momento exige um sistema mais simples e com maior participação das regiões e dos municípios na definição dos protocolos das atividades.

 

Como vai funcionar?

Uma equipe técnica estadual realizará o monitoramento de dados, determinando regras mínimas obrigatórias, informando as regiões com alertas e exigindo tomada de ação em caso de necessidade, permanecendo em contato com as equipes técnicas regionais.

 

O novo Sistema envolve o agrupamento de atividades em 42 grupos, separadas por nível de risco – médio/baixo, médio e alto. Quanto maior o risco, maior o nível de rigidez dos protocolos.

 

Conforme divulgação no site do Governo (www.rs.gov.br) os municípios terão de se organizar, reforçar suas equipes em espécies de Gabinetes de Crise regionais para acompanhar os boletins diários, estabelecer os protocolos e agir com a responsabilidade que a pandemia exige.

 

O Aviso a qualquer região só será emitido após reunião do grupo de trabalho (GT) Saúde. A princípio, os encontros semanais de avaliação ocorrerão nas terças-feiras, mas podem ser convocados a qualquer momento, quando necessário.

 

No novo portal (sistema3as.rs.gov.br) é possível verificar protocolos gerais obrigatórios que devem ser aplicados em qualquer lugar, no trabalho e no atendimento ao público, além de acessar os protocolos de saúde vigentes para cada atividade. O Comércio e Feiras Livres são considerados de risco médio conforme o novo Sistema.

 

Confira regras para Comércio e Feiras Livres:

Protocolos Gerais Obrigatórios

* Usar máscara, bem ajustada e cobrindo boca e nariz;

* Manter no mínimo 2 metros de distância de outras pessoas sempre que possível e não menos que 1 metro;

* Garantir a ventilação natural e a renovação do ar, com portas e janelas bem abertas ou sistema de circulação de ar;

* Limpar bem as mãos e as superfícies com água e sabão, álcool 70% ou similares;

* Manter trabalho e atendimento remotos sempre que possível, sem comprometer as atividades;

* Realizar busca ativa de trabalhadores com sintomas respiratórios e encaminhar para atendimento de saúde as pessoas com quadro suspeito ou duvidoso

* Assegurar o isolamento domiciliar para trabalhadores e familiares com suspeita de Covid-19 até acesso à testagem adequada e, em caso de confirmação, manter afastamento preferencial de 14 dias ou conforme orientação médica;

* Ocupar em horários diferentes os espaços coletivos de alimentação, mantendo distância mínima entre colegas;

* Controlar e respeitar a lotação máxima permitida nos ambientes;

* Fixar cartazes com lotação máxima e uso obrigatório de máscara na entrada dos ambientes e em locais de fácil visualização e fiscalização;

* Definir e respeitar fluxos de entrada e saída de clientes e trabalhadores para evitar aglomeração;

* Disponibilizar álcool 70% ou similar para limpeza das mãos;

* Manter no mínimo 2 metros de distância entre mesas e grupos em restaurantes e espaços de alimentação;

* Vedar e coibir qualquer aglomeração.

 

Protocolos de Atividades Obrigatórios

Portaria SES nº 389/2021

 

 

Protocolo de Atividades Variáveis

Estabelecimento e controle da ocupação máxima de pessoas ao mesmo tempo, por tipo de ambiente e área útil de circulação ou permanência:

Ambiente aberto: 1 pessoa para cada 4m² de área útil

Ambiente fechado: 1 pessoa para cada 6m² de área útil

 

Definição e respeito de fluxos de entrada e saída de pessoas, para evitar aglomeração;

Demarcação visual no chão de distanciamento de 1m nas filas e de ocupação intercalada das cadeiras de espera;

Distribuição de senhas, agendamento ou alternativas para evitar aglomeração, quando aplicável;

Feiras livres – Distanciamento mínimo de 3m entre módulos de estandes, bancas ou similares;

 

Acesse o Sistema 3As: http://sistema3as.rs.gov.br/inicial

 

Comments are closed.